Motivação

Gosto muito de estudar, pesquisar, aprender....e repassar o que vou assimilando.
Na Universidade sempre interessei-me por Projetos de Extensão, por considerar muito importante a divulgação de conhecimentos, que promove a interação Universidade X Comunidade. Talvez daí tenha surgido a idéia de criar esse blog.

Minha intenção é divulgar informações sobre: alimentos, higiene, saúde e conservação ambiental, com o objetivo de dar a minha parcela de contribuição para a melhoria da qualidade de vida do ser humano.




quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

CONTAMINAÇÃO ALIMENTAR



Denominamos contaminação alimentar, à entrada dos microrganismos no alimento. Isso pode ocorrer principalmente das seguintes formas:

1- do ambiente para o alimento;

2- dos manipuladores para o alimento;

3- das superfícies para o alimento;

4- do alimento cru para o pronto para o consumo (contaminação cruzada). Essa contaminação cruzada pode ocorrer quando os alimentos ficam juntos, sem proteção (contato direto); quando utilizam-se equipamentos e utensílios com alimentos crus e posteriormente com alimentos prontos para o consumo, sem higienização entre um uso e outro ou ainda, quando o manipulador que trabalha com alimentos crus e prontos não higieniza as mãos entre as atividades.

Evidentemente, quanto maior a contaminação do alimento, maior o número de microrganismos presentes e conseqüentemente maior a possibilidade desse alimento se estragar mais rápido ou de provocar uma doença no consumidor.

Concluimos então que alguns cuidados para evitar contaminações, são extremamente importantes para a produção de alimento sadio.

Esses cuidados podem ser assim resumidos:


1- Evitando que os microrganismos cheguem aos alimentos:

. protegendo o alimento;

. controlando pragas;

. tendo comportamento e higiene adequados.


2- Atrapalhando a multiplicação microbiana:

. recebendo e logo guardando os produtos refrigerados;

. evitando que os alimentos fiquem expostos muito tempo em temperatura ambiente.

. mantendo as temperaturas de refrigeração e de manutenção a quente adequadas.

. usando práticas adequadas de descongelamento e dessalgue.

3- Eliminando ou reduzindo o número de microrganismos, através de:

. cozimento correto. Lembre-se sempre que só eliminamos as células dos microrganismos. Os esporos não são destruídos;

. higienização correta, usando sabão, cloro, álcool a 70% ou temperatura alta. Isso para superfícies de utensílios, equipamentos etc;

. higienização correta das mãos.




2 comentários:

Galeria Virtual disse...

Recebi do Prof Silvio Medeiros (imprimis.arteblog.com.br) o Selo Prêmio Dardos.

Reconhecendo o seu Blog e seguindo o regulamento do Prêmio apontei seu blog como um dos merecedores de tal distinção.
Parabéns pelo prêmio!!!!

Visite o http://yedaarouche.arteblog.com para conhecer mais detalhes.

Abraços muitíssimos fraternos
Yeda Arouche.

Dez/ 2008

Blog do Ward disse...

Espero que tenha progredido na seara interior! Serviço & Paz !